segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Projeto Destruição Pedofilia! #Op Anti-Pedofilia


Projeto Destruição Pedofilia!

Olá irmãos e irmãs Anonymous.
Este é um grupo anti pedofilia anonymous no qual peço a todos que divulguem este grupo aos quatro ventos, para encher de anonymous e dentro desse grupo criaremos varias #Op Anti-Pedofilia para atacar massivamente estes sit
es vergonhosos, usando informações conquistadas na Deep web.

A exposição dos nomes destes sites levantados pelos usuários será para fazer dentro do grupo varias #Op Anti-Pedofilia, para ataque simultâneo de vários sites ao mesmo tempo, a idéia é criar pânico entre esse porcos, pois saibam que eles fazem muita comunicação entre eles.

A ideia é fazer com que muitos que se atrevirão passar esse tipo de conteudo penssasem trilhoes de vezes antes de espalhar essas porcarias, tenho certeza que muitos correriam disso e não farião o que fazem hoje, como se eles nem tivesse medo.



Quem tiver interesse em ajudar seja na divulgação do grupo ou em ataques contra determinados sites entre em nosso grupo.


Grupo no Facebook: https://www.facebook.com/groups/172154799589413/

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Crime cibernético preocupa o Brasil

Crime cibernético preocupa o Brasil



Uma única pessoa é capaz de causar apagões, falta de água e rombos financeiros utilizando apenas um computador. Os chamados crimes cibernéticos são uma preocupação do Ministério da Defesa, principalmente com a proximidade de grandes eventos no país. No Seminário de Defesa Cibernética, o ministro da Defesa, Celso Amorim destacou  o investimento em tecnologia, pesquisa e inovação e a capacitação de profissionais para atuação na área como prioridades para a segurança do país.

De acordo com a assessoria do Ministério da Defesa, o setor cibernético é um dos três eixos estruturantes da Estratégia Nacional de Defesa e deverá receber, num período de quatro anos, investimentos de R$ 400 milhões.

Dos recursos previstos para o Centro de Defesa Cibernética, 27,9% serão destinados à capacitação dos profissionais e 41,33% ao planejamento de segurança. Somente em 2012 estão previstos R$ 83,6 milhões. Para o próximo ano, devem ser investidos R$ 110 milhões. Cerca de R$ 100 milhões deverão ser investido em 2014 e mais R$ 81,7 milhões em 2015.

“O Brasil é a sexta economia do mundo, não pode se privar de meios de defesa modernos, inclusive com relação a possíveis ataques também modernos”, disse o ministro. “Temos que desenvolver essa estratégia de defesa. Já fizemos, na prática, na Rio + 20 e faremos em outros eventos. Vamos evoluir.”

Em setembro deste ano foi inaugurado, oficialmente, o Centro de Defesa Cibernética (CDC) sob comando do Exército, com o objetivo de centralizar conhecimentos e tecnologias já utilizadas por entidades e órgãos como Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Comitê Gestor da Internet (CGI),  Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) e organizações militares.

Segundo o chefe do CDC, general José Carlos, o Brasil se equipara a países avançados no que diz respeito ao setor. “Dentro dos nossos projetos, estamos preocupados com a capacitação de tropas. Cada vez mais tropas e operações são controlados por redes. E tudo o que depende de redes tem essa ameaça, temos que nos preocupar em defender esse sistema bélico.”

A Defesa Nacional se preocupa também com a produção brasileira de softwares e equipamentos. A primeira operação inteiramente nacional foi realizada na Rio+20. Para a Copa das Confederações, Copa do Mundo e Olimpíadas já estão sendo desenvolvidas novas tecnologias. O destaque, segundo o major Alexandre Lara, integrante do CDC, é para a ferramenta de correlação de eventos, com inteligência artificial para identificar uma invasão no sistema de rede.

Apesar de não ter sofrido nenhum grande atentado virtual, o Brasil é um dos países com maior ocorrência de crimes cibernéticos. Em pesquisa realizada pela empresa americana Norton, especializada em antivírus, em 2011, o Brasil estava em quarto lugar numa lista de 24 países com maior quantidade de crimes cibernéticos, abaixo da China, África do Sul e México.

Segundo a pesquisa, 80% dos adultos brasileiros já  foram vítimas desse tipo de crime. No total, é registrado uma nova vítima de crime cibernético a cada 11 dias e perdeu-se, no ano, o equivalente a US$ 15 bilhões.

Edição: Fábio Massalli// matéria atualizada às 18h28 para inclusão dos dados de investimentos do Ministério da Defesa no setor cibernético e de informações sobre crimes virtuais no Brasil.

Fonte: EBC  

domingo, 14 de outubro de 2012

Inurl-Poliglota Dork busca gerenciador de upload em domínio japonês.

Inurl-Poliglota Dork busca gerenciador de upload em domínio japonês.


Chamo essa técnica "Inurl-Poliglota"

Dorks busca  gerenciador de upload em domínio japonês,




A grande maioria das dorks é basiada na linguagem inglês se mudarmos um pouco vamos extrair uma rica quantidade de informação.

incluindo a palavra chave upload em japonês já conseguimos um grande números de servers com os paramestros desejados no caso "inurl:/cgi-bin/upload/upload.cgi".
Podemos ter um resultado parecido com site:jp mais o google sua grande força é palavras chaves então um modo eficas é traduzir a palavra chave.

DORK: アップロード* inurl:/cgi-bin/upload/upload.cgi

Da mesmo forma pode ser feito com Russo,Germânico e outras linguás :)

Dork busca backup mysql

Dork busca backup mysql


Dessa vez estou postando uma dork que vai explore desde erros de SQL á Backup SQL dentro de servidores.

Devido a sintax inurl "intext:(insert|set)" o google vai procurar dentro do arquivo .mysql esses termos um ou outro, Assim expondo arquivos de bk dando um conhecimento da estrutura do site alvo.

Dork: intext:(insert|set) ext:mysql



Mais dorks mais dorks.


Dorks vai aé algumas..

"admin account info" filetype:log
!Host=*.* intext:enc_UserPassword=* ext:pcf
"# -FrontPage-" ext:pwd inurl:(service | authors | administrators | users) "# -FrontPage-" inurl:service.pwd
"AutoCreate=TRUE password=*"
"http://*:*@www" domainname
"index of/" "ws_ftp.ini" "parent directory"
"liveice configuration file" ext:cfg -site:sourceforge.net
"parent directory" +proftpdpasswd
"powered by ducalendar" -site:duware.com
"Powered by Duclassified" -site:duware.com
"Powered by Duclassified" -site:duware.com "DUware All Rights reserved"
"powered by duclassmate" -site:duware.com
"Powered by Dudirectory" -site:duware.com
"powered by dudownload" -site:duware.com
"Powered By Elite Forum Version *.*"
"Powered by Link Department"
"sets mode: +k"
"your password is" filetype:log
"Powered by DUpaypal" -site:duware.com
allinurl: admin mdb
auth_user_file.txt
config.php
eggdrop filetype:user user
enable password | secret "current configuration" -intext:the
etc (index.of)
ext:asa | ext:bak intext:uid intext:pwd -"uid..pwd" database | server | dsn
ext:inc "pwd=" "UID="
ext:ini eudora.ini
ext:ini Version=4.0.0.4 password
ext:passwd -intext:the -sample -example
ext:txt inurl:unattend.txt
ext:yml database inurl:config
filetype:bak createobject sa
filetype:bak inurl:"htaccess|passwd|shadow|htusers"
filetype:cfg mrtg "target[*]" -sample -cvs -example
filetype:cfm "cfapplication name" password
filetype:conf oekakibbs
filetype:conf slapd.conf
filetype:config config intext:appSettings "User ID"
filetype:dat "password.dat"
filetype:dat inurl:Sites.dat
filetype:dat wand.dat
filetype:inc dbconn
filetype:inc intext:mysql_connect
filetype:inc mysql_connect OR mysql_pconnect
filetype:inf sysprep
filetype:ini inurl:"serv-u.ini"
filetype:ini inurl:flashFXP.ini
filetype:ini ServUDaemon
filetype:ini wcx_ftp
filetype:ini ws_ftp pwd
filetype:ldb admin
filetype:log "See `ipsec --copyright"
filetype:log inurl:"password.log"
filetype:mdb inurl:users.mdb
filetype:mdb wwforum
filetype:netrc password
filetype:pass pass intext:userid
filetype:pem intext:private
filetype:properties inurl:db intext:password
filetype:pwd service
filetype:pwl pwl
filetype:reg reg +intext:"defaultusername" +intext:"defaultpassword"
filetype:reg reg +intext:”WINVNC3”
filetype:reg reg HKEY_CURRENT_USER SSHHOSTKEYS
filetype:sql "insert into" (pass|passwd|password)
filetype:sql ("values * MD5" | "values * password" | "values * encrypt";)
filetype:sql ("passwd values" | "password values" | "pass values" )
filetype:sql +"IDENTIFIED BY" -cvs
filetype:sql password
filetype:url +inurl:"ftp://" +inurl:";@"
filetypels username password email
htpasswd
htpasswd / htgroup
htpasswd / htpasswd.bak
intext:"enable password 7"
intext:"enable secret 5 {:content:}quot;
intext:"powered by EZGuestbook"
intext:"powered by Web Wiz Journal"
intitle:"index of" intext:connect.inc
intitle:"index of" intext:globals.inc
intitle:"Index of" passwords modified
intitle:"Index of" sc_serv.conf sc_serv content
intitle:"phpinfo()" +"mysql.default_password" +"Zend Scripting Language Engine"
intitle:dupics inurl:(add.asp | default.asp | view.asp | voting.asp) -site:duware.com
intitle:index.of administrators.pwd
intitle:Index.of etc shadow
intitle:index.of intext:"secring.skr"|"secring.pgp"|"secring.bak"
intitle:rapidshare intext:login
inurl:"calendarscript/users.txt"
inurl:"editor/list.asp" | inurl:"database_editor.asp" | inurl:"login.asa" "are set"
inurl:"GRC.DAT" intext:"password"
inurl:"Sites.dat"+"PASS="
inurl:"slapd.conf" intext:"credentials" -manpage -"Manual Page" -man: -sample
inurl:"slapd.conf" intext:"rootpw" -manpage -"Manual Page" -man: -sample
inurl:"wvdial.conf" intext:"password"
inurl:/db/main.mdb
inurl:/wwwboard
inurl:/yabb/Members/Admin.dat
inurl:ccbill filetype:log
inurl:cgi-bin inurl:calendar.cfg
inurl:chap-secrets -cvs
inurl:config.php dbuname dbpass
inurl:filezilla.xml -cvs
inurl:lilo.conf filetype:conf password -tatercounter2000 -bootpwd -man
inurl:nuke filetype:sql
inurl:ospfd.conf intext:password -sample -test -tutorial -download
inurl:pap-secrets -cvs
inurl:pass.dat
inurl:perform filetype:ini
inurl:perform.ini filetype:ini
inurl:secring ext:skr | ext:pgp | ext:bak
inurl:server.cfg rcon password
inurl:ventrilo_srv.ini adminpassword
inurl:vtund.conf intext:pass -cvs
inurl:zebra.conf intext:password -sample -test -tutorial -download
LeapFTP intitle:"index.of./" sites.ini modified
master.passwd
mysql history files
NickServ registration passwords
passlist
passlist.txt (a better way)
passwd
passwd / etc (reliable)
people.lst
psyBNC config files
pwd.db
server-dbs "intitle:index of"
signin filetype:url
spwd.db / passwd
trillian.ini
wwwboard WebAdmin inurl:passwd.txt wwwboard|webadmin
[WFClient] Password= filetype:ica

sábado, 13 de outubro de 2012

Dork explorando PhpMysqlAdmin

Dork explorando PhpMysqlAdmin



Dork explorando PhpMysqlAdmin

Vamos procurar por paginas que contenham o titulo phpmyadmin que de comum é gerenciamento ou tutoriais, Hoje como essa dork ou variantes dela é pouco conhecida então vamos ter um resultado mais limpo.

Procurado pelo termo na url "server_processlist.php"
Acesso gerenciamento de processo do painel,
Ex:


Truncate Shown Queries ID User Host Database Command Time Status SQL query
Kill 5699193 rewppupr1 localhost:45324 None Query 0 --- SHOW FULL PROCESSLIST
Algo do tipo.
Agora muito perguntam que eu faço com isso pode criar paginas HTML dentro, pode criar uma nova noticia com link de sua escolha, vai da sua técnica.


De inicio algums servers não mostraram seus bancos ou tabelas então procure pela aba SQL = Executar comandos sql aé ja sabe o leque de possibilidades abre muito mais ainda.

Dork: intitle:phpmyadmin inurl:server_processlist.php

Variante para limpar domínios

Add o site:domínio

Dork: site:br intitle:phpmyadmin inurl:server_processlist.php

domingo, 7 de outubro de 2012

Dork buscando arquivo confg do wordpress

Dork buscando arquivo confg do wordpress


Aé vai um dork simples que busca vulnerabilidades alias ele busca arquvios de configuração do banco de dados, o que criei e uma variante da dork que encontrei na net que seria esse : "inurl:wp-config.txt" ela é muito fechada pois o Google fica sem opção referente a variantes do arquivo wp-config adicionei o * para capturar outros tipos de wp-config e o comando ext pra determinar a extensão do arquivo.

O arquivo de nome: wp-config.txt

Dork: inurl:wp-config* ext:txt

Como Evitar uma Infecção por Botnet?

Como Evitar uma Infecção por Botnet?


A equipe de pesquisa do provedor de segurança Eleven, publicou dia 26 de setembro, cinco dicas muito importantes com a intenção de ajudar os usuários a evitar uma infecção por botnet em seus computadores. Como a maioria sabe, botnets são grupos de computadores particulares e empresariais que são sequestrados, passando a ser controlados remotamente e que são usados, dentre outras coisas, para enviar spam, geralmente sem que haja o conhecimento do usuário. Passando sem percepção, o malware instalado muitas vezes só é executado em segundo plano, tornando mais difícil para que os usuários possam identificar o risco e reagir de acordo com ele. Estima-se, atualmente, que mais de 90% de todos os e-mails de spam em todo o mundo, são distribuídos através de botnets.

E-mail com Malware Anexado
A infecção ocorre através de Trojans, que são criados especificamente para essa finalidade maliciosa. A via de infecção “clássica” é através de anexos de email. O usuário é levado a acreditar que o anexo contém informações essenciais ou um documento importante, como uma fatura, uma forma de impostos, ou uma notificação de entrega de pacotes. Ao invés disso, o anexo contém malware que é ativado assim que o usuário tenta abri-lo.
Anexos de arquivos desconhecidos nunca deveriam ser abertos. A opção “Ocultar as extensões dos tipos de arquivo conhecidos” também devem ser desmarcadas nas configurações do sistema, pois isso garante a detecção de um arquivo PDF com a falsa extensão de arquivo pdf.exe.

Infecções por botnets tem se tornado frequentes, e os usuários de computador estão recebendo orientações sobre métodos de prevenção referentes às mesmas

Drive-by Malware
Um caminho para causar infecção que recentemente se tornou mais popular, é o drive-by malware. O malware está localizado em um site manipulado. Quando esse site for aberto em um navegador, o Trojan será instalado no computador do usuário (drive-by). O malware é comumente divulgado através de e-mails de spam que contêm links para os sites infectados. Se o usuário clicar no link, o malware será instalado no background. E as “iscas” particularmente mais populares incluem sites como o da rede social Facebook, o serviço de micro-blog Twitter ou o canal de vídeos YouTube.
Além disso, existe uma mensagem que finge ser importante, podendo também estar disfarçada como mensagens de amigos, ou um vídeo recém-carregado é enviado para o usuário, na esperança de que ele clique no link em anexo. Os usuários nunca devem clicar em links de e-mails, a menos que eles tenham cem por cento de certeza de que a mensagem seja real.

Plug-ins e Aplicações de Risco
Os trojans, frequentemente, atacam em específico, vulnerabilidades de segurança atuais e tiram proveito delas. Os navegadores de Internet padrão e plug-ins, como o Adobe Flash Player ou o Acrobat Reader, são particularmente bastante populares. As versões desatualizadas aumentam significativamente o risco de um potencial ataque. Dessa forma, os usuários devem se certificar de que estas aplicações são sempre atualizadas e se as atualizações solicitadas pelo sistema estão instaladas. A Eleven também recomenda desativar o Acrobat JavaScript.

O Perigo dos Dispositivos de Armazenamento de Dados
Um outro risco que podem levar à infecção via botnet é a utilização de dispositivos externos de armazenamento de dados como pen drives ou cartões SD. Isso porque a grande maioria das pessoas não é capaz de reconhecer o que está acontecendo realmente; portanto, a regra é que dispositivos desconhecidos de armazenamento de dados devem sempre ser verificados por um scanner de vírus atualizado, antes de sua utilização. Os usuários também devem evitar o uso de dispositivos de armazenamento de dados que não são seus próprios sempre que possível. Além disso, a opção de Windowes automaticamente sempre tratar um certo tipo de dispositivo, tal como um dispositivo USB, da mesma forma, quando inserido, deve ser desactivado.

Proteção Contra Spam e Vírus
Apesar de todas as medidas cautelares quando se trata de evitar infecções de botnet, o elemento mais importante é a proteção de alta confiabilidade em relação a spam e contra propagação de vírus. Os usuários devem verificar quais são as opções de proteção contra vírus, que são oferecidas pelo seu provedor de e-mail, por exemplo, seu provedor de Internet ou serviço de webmail. Um scanner de vírus também deve ser instalado. E o mais importante: mantenha sempre a sua solução antivírus atualizada.
Fonte: UnderLinux

Leis que podem ser enquadrados os supostos "hackers'

Para o Hackudos de plantão, quando roubam informações na Internet através de atack phinsing,KL entre outros,muito usam um argumento mais no Brasil não tem lei contra hacker ... Hacker né... ser ladrão é ser hacker ???... me chamem de Lammer então.
Para o Hackudos de plantão, quando roubam informações na Internet através de atack phinsing,KL entre outros,muito usam um argumento mais no Brasil não tem lei contra hacker ... Hacker né... ser ladrão é ser hacker ???... me chamem de Lammer então.

Leis que podem ser enquadrados.

LEI Nº 9.296, DE 24 DE JULHO DE 1996.
“Art. 1º A interceptação de comunicações telefônicas, de qualquer natureza, para prova em investigação criminal e em instrução processual penal, observará o disposto nesta Lei e dependerá de ordem do juiz competente da ação principal, sob segredo de justiça.”
“Art. 10. Constitui crime realizar interceptação de comunicações telefônicas, de informática ou telemática, ou quebrar segredo da Justiça, sem autorização judicial ou com objetivos não autorizados em lei.”
Pena: reclusão, de dois a quatro anos, e multa.

LEI Nº 7.716, DE 5 DE JANEIRO DE 1989.
“Art. 1º Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional.”
Pena: reclusão de dois a cinco anos.

LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998.
“Art. 1º Esta Lei regula os direitos autorais, entendendo-se sob esta denominação os direitos de autor e os que lhes são conexos.”
Art. 65. Esgotada a edição, e o editor, com direito a outra, não a publicar, poderá o autor notificá-lo a que o faça em certo prazo, sob pena de perder aquele direito, além de responder por danos.”

DECRETO-LEI No 2.848, DE 7 DE DEZEMBRO DE 1940. (Aqui é onde muitos Bankers e Carders rodam)
“Art. 171 – Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento:”
Pena – reclusão, de um a cinco anos, e multa, de quinhentos mil réis a dez contos de réis.

Leis a serem aprovadas

Lei sobre Spam - http://www2.camara.gov.br/documentos-e-pesquisa/publicacoes/estnottec/tema4/pdf/305590.pdf
Lei sobre Crimes virtuais - http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=529011 (Aguardando Aprovação)

WPBforce é uma Ferramenta para cackear usuário de um site Wordpress, utilizando a técnica de Força Bruta.

WPBforce é uma Ferramenta para cackear usuário de um site Wordpress, utilizando a técnica de Força Bruta.

WPBforce utiliza tecnologia de MiltThreads ( Conexões Simultâneas ), Suporta a utilização de Proxy, Dando um pouco de privacidade para o atacante!


WPBforce é uma Ferramenta para cackear usuário de um site Wordpress, utilizando a técnica de Força Bruta.

WPBforce utiliza tecnologia de MiltThreads ( Conexões Simultâneas ), Suporta a utilização de Proxy, Dando um pouco de privacidade para o atacante!




Download

WPBforce -:http://sourceforge.net/projects/wpbforce/files/WPBforce.zip/download


Virus Scan
Scan Result Link: http://my-avscan.com/result.php?scan=NDQ1MTE4
Scan Date: 2012-05-01
Scan Occured: 58 seconds ago
File Name: WPBforce.exe
File Size: 996352 bytes
MD5 Hash: e784952326b19bbc67be40daad76a788
SHA1 Hash: a13a5eda9bb291b5374978e3c8e642000962b0b4
Status: Limpo
Total Result: 0/37

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Julian Assange - O Mundo Amanhã Legendado

Julian Assange - O Mundo Amanhã  Legendado

"Você lutou contra a hegemonia dos Estados Unidos. Alá ou a noção de Deus não é o máximo superpoder?", pergunta Julian Assange ao secretário-geral do Hezbollah. A pergunta, que soa ainda mais provocativa em tempos de protestos no Oriente Médio contra o vídeo que satirizava o profeta Maomé, resume a postura do criador do WikiLeaks na primeira -- e polêmica -- entrevista da série "O Mundo Amanhã".


Nela, Assange entrevista pensadores, ativistas e líderes políticos em busca de ideias que podem mudar o mundo. O partido Hezbollah é membro do governo libanês, mas seu braço militar foi descrito como "a guerrilha mais proficiente do mundo". Sob a liderança de Nasrallah, o Hezbollah administrou a retirada das tropas israelenses do sul do Líbano no ano 2000 e a vitória tática sobre Israel na guerra de 2006. Sayyed Nasrallah foi nomeado uma das pessoas mais influentes do mundo pelas revistas americanas Time e Newsweek. A sua reputação alcança diferentes divisões sectárias e países, e ele é reverenciado ou vilipendiado por milhões de pessoas no Oriente Médio e no mundo todo.

Esta é a primeira entrevista de Nasrallah feita em inglês em uma década. Enquanto os conflitos se acirram no Oriente Médio, Assange aborda temas espinhosos como a posição de Hezbollah -- visto como grande aliado do regime de Assad -- no conflito da Síria. "Somos amigos da Síria, mas não agentes da Síria", responde o libanês, antes de revelar que o Hezbollah procurou setores da oposição síria para pedir que dialogassem com Assad, sem sucesso.

Impossibilitado de deixar a Inglaterra, onde estava em prisão domiciliar, Assange entrevista Nasrallah através de um videolink na casa onde esteve por mais de 500 dias. Por sua vez, Hassan Nasrallah participa da entrevista na sede do Hezbollah no Líbano, cuja localização exata é mantida em segredo por segurança. É lá que ele trabalha sob constante medo de ser assassinado por diferentes grupos e Estados.

Fonte:http://anonopsbrazil.blogspot.com.br/2012/10/julian-assange-o-mundo-amanha-legendado.html

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

A maior mentira cometida por empresas de SEO



A maior mentira cometida por empresas de SEO

Nós prometemos colocar o seu site em primeiro no Google em X dias…A nossa empresa possui uma parceria direta com o Google, garantimos a primeira página…Promessas falsas de SEO, apenas para arrancar dinheiro de donos de sites mal informados são muito comuns pela internet. Saiba aqui como identificar as falsas empresas de SEO, que prometem mundos e fundos, e não cumprem.Em primeiro lugar, não existe ainda um curso/graduação específico/a de SEO, então todos aqueles que trabalham com otimização de sites para o Google (incluindo eu), aprenderam por experiências vividas em seus próprios sites.
Muitas são as empresas ou profissionais de SEO, que prometem mundos e fundos, prometem o primeiro lugar no Google, dão inclusive um prazo para isto acontecer. Esse é a maior mentira cometida por empresas de SEO, prometerem algo que não está ao seu alcance. Quem decide colocar os sites em primeiro ou em último é o Google, e unicamente o Google. Todo o trabalho de SEO, é para tentar mostrar a ele, que o seu site é relevante e possui um bom conteúdo.

Prometemos o 1º lugar do Google:

prometerem algo que não está ao seu alcance. Quem decide colocar os
 sites em primeiro ou em último é o Google, e unicamente o Google. Todo o
 trabalho de SEO, é para <b>tentar</b> mostrar a ele, que o seu site é relevante e possui um bom conteúdo.

Isto não existe, quem decide acerca disto é o Google. O que podemos fazer como profissionais, e melhorar o teu site, e mostrar ao Google que ele é bom o suficiente para estar em primeiro.
Acontece que, algumas empresas inserem o teu site nos resultados pagos do Google, que são aqueles “links patrocinados” (Google Adwords – SEM) que aparecem acima e ao lado dos resultados orgânicos. Como estes links são pagos, você até irá conseguir estar em primeiro no Google, mas pagará um valor elevado. E o maior problema é…parou de pagar, parou de aparecer.
Já os resultados orgânicos (naturais) do Google, são oscilantes e extremamente dinâmicos…hoje, um site pode estar em primeiro, amanha pode perder algumas posições. O Google, sempre procura trazer o melhor para o usuário, então se ele considerar que um site é melhor que outro, ele troca as suas posições. E isto, acontece com todos os termos de pesquisa.

Temos uma parceria com o Google, garantimos o seu site

Está é particularmente a que eu mais acho engraçado..rsrsrs. Qual vantagem o Google tem numa parceria desta? É só pensar..! Novamente, quando uma empresa promete isto, está se referindo ao Google Adwords, que é um serviço aberto do Google.
Considerações Finais:

  • O Google em nenhum momento vende posições, um site só aparece bem por lá se ele merecer…não existe corrupção nisto.
  • Ninguém pode garantir as primeiras posições, pois não depende exclusivamente do seu trabalho, mas depende também do conteúdo do site, da procura do usuário e principalmente do Google.
  • Para divulgar instantaneamente o seu site no Google, algumas empresas usam como estratégia o Google Adwords (os links patrocinados). Tenham em mente, que você não precisa pagar a ninguém para fazer este serviço, entretanto, um profissional de marketing digital sabe como usar esta ferramenta da melhor forma possível…
Enfim, quer realmente ganhar visitas do Google? Fuja de empresas falsas, e procure sempre produzir conteúdo relevante em seu site….

Fonte:http://www.lucaspeperaio.com.br/

Melhor criptografia para segurança de rede. Criptografar ou descriptografar dados sensíveis usando AES / DES / RCA codificadores (ferramentas de segurança).

Ferramentas online grátis para criptografar texto usando 128-bit AES / DES / RCA criptografia. Criptografar ou descriptografar o texto on-line com uma senha de sua escolha utilizando esta ferramenta mão. Este é o serviço para garantir suas mensagens de uma maneira fácil. CRYPO sistema irá criptografar a mensagem usando o algoritmo de criptografia forte, e vai ser seguro para o envio. Web baseada serviço online para texto fácil e criptografia de mensagens e proteção. CRYPO - Melhor criptografia para segurança de rede.


Ferramentas online grátis para criptografar texto usando 128-bit AES / DES / RCA criptografia. Criptografar ou descriptografar o texto on-line com uma senha de sua escolha utilizando esta ferramenta mão. Este é o serviço para garantir suas mensagens de uma maneira fácil. CRYPO sistema irá criptografar a mensagem usando o algoritmo de criptografia forte, e vai ser seguro para o envio. Web baseada serviço online para texto fácil e criptografia de mensagens e proteção. CRYPO - Melhor criptografia para segurança de rede.

Um site muito bom recomendo vários tipos de cripts.


Site: http://www.crypo.org/tools/index.php

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Mais segurança na sua aplicação web feita em php


Mais segurança na sua aplicação web feita em php

 

Configurar o PHP.ini

Primeiramente, devemos atentar para as configurações oferecidas pelo PHP para tornar nosso aplicativo mais seguro. Não vou falar sobre a diretiva safe_mode e nem das que derivam desta pois esta está obsoleta.
  • disable_functions=string
  • Com essa diretiva, você pode desabilita funções especificas do php que podem gerar problemas de segurança, como por exemplo o fopen(),popen() e file(). Dessa forma: disable_functions=fopen,popen,file;
  • disable_errors=On|Off
  • Deixe essa função habilitada só se estiver em ambiente de desenvolvimento, já que é indispensável saber detalhes sobres os erros de sua aplicação, mas quando for passar sua aplicação para ambiente de produção deve desabilitar essa diretiva, e usar métodos alternativos para saber de erros gerados pela aplicação (salvar os erros em um arquivo de log);
  • doc_root=string
  • Essa diretiva pode ser configurada com um caminho que especifica o diretório raiz a partir do qual os arquivos PHP serão servidos. Se a diretiva doc_root estiver configurada com nada (vazia), ela será ignorada, e os scripts PHP serão executados exatamente conforme especifica a URL;
  • open_basedir=string
  • A diretiva open_basedir do PHP pode estabelecer um diretório base ao qual todas as operações com arquivos estarão restritas. Suponha que seu site esteja localizado na pasta home/www , para impedir que pessoas má intencionadas manipulem arquivos , tais como /etc/passwd por meio de alguns comandos simples do proprio PHP, você deve configurar essa diretiva da seguinte forma: open_basedir = “/home/www/”.
  • expose_php=On|Off
  • É conveniente desabilitar essa opção, pois ela exibe detalhes sobre o PHP na assinatura do servidor.

Configurando o Apache

  • ServerSignature
  • Esta diretiva é responsavel por gerar a assinatura do servidor, mostrando a versão do servidor Apache, o nome do servidor, à porta e aos módulos compilados. É aconselhável mantê-la desabilitada.
  • ServerToken
  • Se a ServerSignature estiver habilitada, essa irá configurar o grau de detalhes sobre o servidor que será fornecido, estão disponiveis seis opções: Full, Major, Minimal, Minor, OS e Prod.

phpinfo()

Frequentemente programadores inexperientes deixam que alguma arquivo php com referencia a essa função vá ao modo de produção do site, o que é muito perigoso, pois como sabemos o phpinfo() exibe detalhes de como seu php está configurado e isso é muito interessante para hackers. Portanto, sempre que for colocar a sua aplicação web em modo de produção certifique-se que não há nenhuma chamada esta função.
Se você duvida do quanto esse erro é comum, coloque o seguinte texto na busca do google: inurl:phpinfo.php . Tenho certeza que haverão muitos resultados.

Mude a extensão do documento

Isso mesmo, pouca gente sabe, mas é possivel facilmente alterar a extensão de um arquivo PHP (.php), basta mudar a linha do httpd.conf (arquivo de configuração do apache) onde se lê: addType application/x-httpd-php .php para por exemplo addtype application/x-httpd-php .asp

Impedindo o acesso a determinadas extensões de arquivos

Existem extensões de arquivos bastante procuradas por hackers, .inc é um exemplo dessas, é conveniente impedir que seja possivel o acesso a arquivos com esta extensões. Para isso o apache tem uma diretiva de configuração (httpd.conf) chamada Files, como mostra Listagem 1.
Listagem 1: Modificando a diretiva Files do arquivo httpd.conf

Cross-Site Scripting (XSS)

Cross-site scripting (XSS) é um tipo de vulnerabilidade do sistema de segurança de um computador, encontrado normalmente em aplicações web que activam ataques maliciosos ao injectarem client-side script dentro das páginas web vistas por outros usuários. Um script de exploração de vulnerabilidade cross-site pode ser usado pelos atacantes para escapar aos controlos de acesso que usam a mesma política de origem. [definição da Wikipedia].
Para evitar esse tipo de ataque no sistema web em PHP, você tratar os dados que usuario oferece como entrada com as seguintes funções:
  • string htmlentities(string input [,int quote_style [, string charset ] ])
  • Esta função converte caracteres que possuem significado especial em HTML para strings um browser pode mostrar como sendo fornecidos, em vez de executá-las como HTML.
  • string strip_tags(string str [, string allowed_tags])
  • Esta função permite escolhar que tags html serão permitidas na string.

SQL Injection

A Injeção de SQL, mais conhecida através do termo americano SQL Injection, é um tipo de ameaça de segurança que se aproveita de falhas em sistemas que interagem com bases de dados via SQL. A injeção de SQL ocorre quando o atacante consegue inserir uma série de instruções SQL dentro de uma consulta (query) através da manipulação das entrada de dados de uma aplicação. [Definição da Wikipedia]
Precauções a se tomar para evitar ataques via SQL injection:

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Identificados computadores que já vêm com vírus de fábrica

Identificados computadores que já vêm com vírus de fábrica


Cerca de 20% dos computadores comprados em diferentes cidades chinesas estão infectados com programas maliciosos ainda na fábrica, segundo a Microsoft.
Na última quinta-feira, um tribunal da Virgínia, nos Estados Unidos, deu à empresa permissão para desativar uma rede de mais de 500 vírus que davam acesso aos computadores das vítimas.
A decisão foi tomada após um relatório da própria Microsoft, que dizia que cibercriminosos passaram a se infiltrar em cadeias de produção de computadores para colocar vírus nos computadores.
Vírus Nitol
Investigadores da Unidade de Crimes Digitais da companhia americana compraram 20 computadores em diversas lojas na China e descobriram que pelo menos quatro deles já estavam infectados com um vírus chamado "Nitol".
Este e outros programas maliciosos, chamados de malware, permitem realizar ataques a partir de computadores remotos, roubar senhas de banco e até ligar remotamente a webcam e o microfone da máquina.
Nos últimos anos, a Microsoft conseguiu permissões similares para combater vírus e redes que controlam programas maliciosos.
Neste caso, a empresa disse ao tribunal que a maioria dos servidores de internet usados para controlar os computadores estava na China, e alguns em estados norte-americanos como Califórnia, Nova Iorque e Pensilvânia.
Tolerância zero
A maior parte dos computadores infectados com vírus Nitol se conectavam a um centro de controle no domínio 3322.org, registrado em nome de uma empresa de tecnologia chinesa.
Segundo a Microsoft, o domínio chinês abriga, sozinho, 500 tipos de softwares maliciosos.
O domínio 3322.org também vem sendo associado a ataques e ações de espionagem vindos da China contra empresas americanas e europeias.
O proprietário da empresa registrada no endereço, Peng Yong, disse à agência de notícias Associated Press que não tinha conhecimento da decisão americana e que sua empresa tem uma política de "tolerância zero" para atividades ilegais no domínio.
No entanto, ele afirmou que "não pode negar o fato de que usuários podem estar usando seus domínios para propósitos escusos."

Fonte:http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=computadores-vem-virus-fabrica&id=010175120916&ebol=sim

Pesquisador explicar como 4,5 milhões modems DSL foram cortados no Brasil no ano passado

Pesquisador explicar como 4,5 milhões modems DSL foram cortados no Brasil no ano passado



No final do ano passadoMais de 4,5 milhões de roteadores domésticos DSL no Brasil hackeado e roteador está configurado de tal forma que ele aponte para DNS maliciosos. O hack foi relatado por Fabio Assolini, pesquisador de segurança da Kaspersky.

Como o resultado do hack, quando um usuário tentar visitar google, facebook, youtube ou quaisquer outros sites, uma mensagem pop aconselhados a instalar o Google Defesa aplicativo para acessar sites. Naquele momento, não está claro qual é a razão por trás do ataque.

Na recente conferência Virus Bulletin, Assolini fez uma apresentação fascinante, descrevendo como milhões de roteadores DSL foram encontrados para ter sido silenciosamente hackeado por criminosos cibernéticos.

Segundo o relatório, a vulnerabilidade nos modems permitiu atacantes para acessar remotamente através da rede. Normalmente, se você acessar um roteador via rede, você será solicitado para credenciais de login.

Uma falha de segurança no chip Broadcom incluída em alguns roteadores, permite a um invasor executar um Cross Site Request Forgery (CSRF) no painel de administração do modem ADSL para capturar a senha.

Uma vez obtida a senha, os hackers modificado configurações de DNS de tal forma que quando o usuário tentar visitar sites legítimos, seriam redirecionados para sites maliciosos.

Em uma apresentação, Assolini apresentou um bate-papo IRC entre alguns dos hackers envolvidos no alcaparra DNS. Um deles descreveu como um outro hacker ganhou mais de 100 mil reais (cerca de US $ 50.000) e iria passar seus ganhos ilícitos em viagens para o Rio de Janeiro na companhia de prostitutas.