quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

[Notícias] Google gasta US$ 500 mil para combater ataque de crackers.



Memorando internos do FBI, obtidos legalmente pelo jornal New York Times, mostram que o Google gastou mais de US$ 500 mil para combater o ataque de crackers ao site.
Este tipo de informação não costumam ser reveladas pelas empresas, porém através do Ato de Liberdade de Informação o jornal americano conseguiu obter esses dados.
De acordo com os memorandos, em 2005 o Google enfrentou um worm chamado Santy, um software malicioso que infectou computadores em todo o mundo inserindo consultas de pesquisas às vítimas, o que sobrecarregou o motor de buscas do Google.
Devido ao problema, a empresa precisou unir forças de toda sua equipe, o que calculando as horas trabalhadas resultou em um custo de US$ 500 mil.
Em 2004, o Google havia enfrentado um outro vírus, o MyDoom, que travava o motor de buscas do site, fazendo com que a empresa gastasse US$ 100 mil para recuperar-se do problema.
Embora pareçam números altos, os danos não foram muito sentidos pelo Google, que em 2005 declarou ter obtido US$ 6,1 bilhões em receita.
Fonte: http://info.abril.com.br/noticias/seguranca/google-teria-gasto-us-500-mil-contra-crackers-16122010-35.shl

Nenhum comentário:

Postar um comentário

............