sábado, 23 de agosto de 2014

Public Key Encryption



O que é Encriptação ?




Encriptação é o processo de proteção de dados de uma forma que ele seja transmitido de maneira aberta sem estar legível até o momento que o recipiente pretendido o receba e seja decifrado com uma chave.

Há dois tipos principais de encriptação: Encriptação de Chave Simétrica e Chave Pública. A diferença entre os ambas é muito importante.

Com criptografia de chave simétrica, somente alguém que conheça a chave pode descriptografar as mensagens criptografadas com a mesma chave. Isto significa que se você quiser enviar uma mensagem criptografada á alguém, ele terá de conhecer a chave que você usou para criptografar-la anteriormente, ou ele não será capaz de decifrar e receber a mensagem. A segurança desta chave usada é muito importante, se a chave for comprometida então todas as mensagens anteriormente criptografadas com ela poderão ser reveladas.

Com criptografia de chave pública, na verdade duas chaves distintas. A chave pública e uma chave privada. Você pode distribuir livremente a sua chave pública para qualquer um, mas sua chave privada você deve manter para si mesmo. Um par de pessoas podem trocar chaves públicas, e comunicar uma com a outra de forma segura, mesmo que um intruso intercepte as duas chaves públicas. Isto ocorre porque as chaves públicas e privadas estão matematicamente interligadas - possibilitando distribuir suas chaves públicas livremente no começo, e então, com segurança após a troca inicial criptografando usando cada sua chave privada. Este conceito pode parecer um pouco confuso, mas é realmente bastante simples após você compreender como funciona.


Public Key Encryption

A criptografia de chave pública

Por volta de 1970, Criptografia de chave simétrica era a única opção real para criptografar e descriptografar a mensagem. O principal problema com criptografia de chave simétrica é que ambas as partes envolvidas na comunicação precisa saber a chave usada de antemão, ou de alguma forma se comunicar com segurança. Além disso, para cada pessoa e indivíduo que queira se comunicar, devem usar uma chave separada do resto de suas comunicações.

O método de encriptação de chave pública veio da ideia que trancar e abrir são funções inversas. Por exemplo, Alice poderia comprar uma tranca, pegar a chave e enviar a tranca para o Bob desatracada. Bob então trancaria sua mensagem e enviaria de volta a Alice - que ainda com a chave, poderia destranca-la. Sem as chaves serem compartilhadas, certo?

Isso significa que Alice pode publicar sua tranca (ou Chave Pública) livremente e permitir que qualquer um lhe envie uma mensagem com ela. Uma vez que a mensagem é trancada, criptografada, ela não pode ser interceptada por terceiros. Ambas as chaves são relacionadas matematicamente, apenas quem conhecer ambas as chaves pública e privada poderá descriptografar as mensagens encriptadas com a chave pública. Além disso, Alice agora só precisa manter o controle de um único par de chaves pública e privada, invés de diversas chaves para cada comunicação.



Hash Functions

Uma função hash é um algoritmo (ou sub-rotina) que mapeia uma quantidade arbitrária de dados dentro de uma extensão fixada "hash" - uma curta sequência de letra e números. Hashes são usadas para comparar dois conjuntos de dados sem ter de olhar completamente os dados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

............